quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Ladrão de Almas

Em Ladrão de Almas, Alma Katsu, retrata a história de Lanore McIlvrae, da Lanny, (sim, eu tenho dificuldade de falar o nome dela) e Luke Findley, um médico do Estado do Maine. Luke acabara de se separar e foi morar na antiga casa dos seus pais.

Em uma noite, que ele acha que será tranquila, Lanny entra no pronto-socorro e muda a vida de Luke para sempre. Lanny é suspeita de matar um lindo rapaz encontrado ao seu lado, ela não fala, encontra-se em estado de choque. Ela decide contar parte de sua história para Luke e pedir ajuda dele para fugir. Ele decide ajuda-la, mas ele vai com ela e começa uma vida diferente, onde viaja e conhece a história de Lanny.

Lanny é imortal. Quando ela ainda era mortal ela morava na mesma cidade em St. Andrew e fazia parte de uma família pobre, mas era extremamente apaixonada pelo filho do fundador da cidade, Jonathan. Lanny era capaz de fazer qualquer coisa por ele. Jonathan era um lindo rapaz que atraia o olhar de diversas mulheres e usava isso em seu favor, sua única amiga era Lanny, mas ela não era feliz com isso, ela queria mais. Até que um dia eles se entregaram a um amor proibido e Lanny ficou grávida, isso, naquela época, era imperdoável e, para seus pais não se verem mais humilhados, decidiram mandar Lanny para um internato em Boston para que ela possa ter o filho e o abandonar, mas Lanny não quer perder o único fruto do amor que sente por Jonathan e foge.

Ao longo da fuga, Lanny se depara com quatro homens muito bem vestidos que dizem querer leva-la para alguém que poderá ajuda-la, o Adair. Lanny sofre uma grave doença perde o filho e quase morre, mas quando Adair a conhece, sente-se imensamente atraído por essa mulher e decide conceder à ela a ‘honra’ de se tornar imortal, sim, Adair é o Ladrão de Almas. Lanny não aceita isso, mas dedica-se única e exclusivamente a servir seu mestre. Entretanto, Adiar sente vontade de conhecer a antiga vida de Lanny e, quando ela conta a ele sobre o lindo e desejável Jonathan, Adair começa a bolar um plano. Ele pede para que Lanny vá visitar sua antiga cidade e traga Jonathan. Imaginando o que poderia acontecer e amando Jonathan mais que tudo em sua vida, Lanny decide que ela irá transformar Jonathan em imortal e não Adair.

Na viagem até sua cidade, ela consegue deixar algum dinheiro para seus familiares, transformar Jonathan e voltar para Boston. O que ela não imaginava era que o desejo de Adair é ter o corpo de Jonathan para ele e, que toda a história que ele conta sobre como virou imortal não passa de uma grande mentira. Lanny e Jonathan decidem ‘passar a perna’ em Adair, fazem com que ele acredite que ninguém desconfia de nada, incentivam-no a transferir toda a fortuna para Jonathan e prendem-no na mansão onde moravam.

Lanny e Jonathan fogem e tentam viver juntos, mas percebem, ou melhor, Jonathan percebe que não consegue amar Lanny da mesma forma que ela o ama e decide ir embora, estuda medicina e dedica-se a ações humanitárias. Lanny, afunda-se na bebida e drogas, casa e vê seus maridos morrerem enquanto não envelhece, não tem contato com Jonathan e continua amando-o muito. Até que recebe um contato dele, ele quer encontra-la na antiga cidade deles, St. Andrew. Lá ele conta que a mulher que amava morreu e que o que ele mais quer é partir, consegue convence-la e ela o mata.

Lanny é encontrada com o corpo e os dois são levados para o hospital. Luke continua apaixonado por ela e ela apaixona-se também por ele e decidem fugir juntos, mas há algo que fica martelando na mente dela: Quanto tempo Adair demorará em ressurgir? Ele irá voltar?

Não conseguiria sobreviver sem. Você não sabe das memórias que carrego em minha cabeça. Vida após vida de coisas que se arrepende de ter feito. Coisas que já viu outras pessoas fazerem. Coisas das quais não pode fugir... sem isto. Faço isso às vezes, quando tenho vontade de desmaiar por, vamos dizer, uma década. Dormir, fazer tudo parar. Não há como apagar as memórias ruins. Não é fazer que é tão difícil, é viver com o que você já fez.” (p. 219)

É uma linda história de amor, heroísmo, tristezas, alegrias, enfim, eu tive toda a espécie de sentimento lendo esse livro e super recomento.

Informações adicionais:
Autor: Alma Katsu
Título: Ladrão de Almas
Editora: Novo Conceito
Páginas: 430

Nota da Leitora: 5 estrelas/favorito

4 comentários:

  1. Eu também li esse livro ele é super empolgante, estória de sentido sobrenatural, uma leitura que envolve mas que também assusta, mas enfim eu dou nota 4 achei muito bom, também recomendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom que você gostou.
      De fato, não é uma leitura fácil e também não é mamão com açúcar, assusta em alguns pontos e lembro quando você estava assustada rs..
      Beijos

      Excluir
  2. Ainda não li este livro mas pela sua resenha ele me interessou bastante.
    Parabéns pelo blog
    Abraços
    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! De fato, esse livro é muito bom, trouxe coisas boas quando eu li.
      Mas, tenho uma dica pra você: Trata-se de uma trilogia e o segundo, Refém da Obsessão - que em breve terá resenha aqui - termina deixando muito a desejar para o terceito, então, se você puder, espere para ler os três de uma vez rs.
      Um beijo!

      Excluir