quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Decameron

Do drama à comédia
"Decameron" foi escrito pelo renascentista florentino Giovanni Boccaccio, entre 1348 e 1353.
O livro remonta o século XIV, no qual toda a Europa estava submergida na peste negra. Sendo assim, 10 jovens toscanos decidem ir para as montanhas pretendendo fugir um pouco da triste e fúnebre realidade. Lá, passariam duas semanas vivendo da maneira mais serena possível, e durante dez dias (Decameron em grego - "dez dias") contariam histórias. Para tanto, estabeleceu-se que para cada Jornada (dia) haveria um novo rei ou uma nova rainha - e estes deveriam escolher um tema para as novelas. Dos 10 jovens - 7 mulheres e 3 homens - apenas Dioneu possuía a liberdade para relatar o conto que quisesse, sem necessariamente precisar seguir o tema imposto, e é isso que faz de suas histórias as melhores e mais extrovertidas.
Neste contexto, "Decameron",que apesar de possuir um tamanho que assusta os leitores, é um livro que pode ser chamado de tudo, menos de cansativo. São 100 novelas - de amores bem ou mal sucedidos, sexo, fidelidade, drama, tragédia, vingança e comédia; todas elas com uma moral.

É, exatamente, por retratar a moralidade humana que Boccaccio foi muito criticado, e se comparado com a literatura de sua época, "Decameron" foi revolucionário para os padrões medievais.
É, de longe, o meu livro favorito, e tenho certeza que é capaz de arrancar risadas e agradar a qualquer um. Giovanni Boccaccio é, simplesmente, o autor de um livro genial.
“Tais coisas, sejam elas quais forem, podem ser prejudiciais ou proveitosas, assim como todas as outras coisas, dependendo de quem as ouve. (...) Quem não sabe que o fogo é utilíssimo, aliás, necessário aos mortais? Mas só porque incendeia casas, aldeias e cidades diremos que é ruim? As armas defendem a vida daqueles que querem viver pacificamente, mas também matam com frequência, não por causa de sua própria maldade, mas daqueles que as usam com maldade. (...) Cada coisa em si mesma é boa para algo, mas quando mal empregada pode ser nociva para muitas outras coisas.”
Informações adicionais:
Autor: Giovanni Boccaccio
Título: Decameron
Editora: L&PM Editores
Páginas: 632
Nota da Leitora: 5 estrelas/ Favorito

2 comentários:

  1. Não conhecia, mas leria com certeza ^^ Amo livros com enredos diferentes.
    Bjs
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Você vai gostar, então! Vale muito a pena ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir